Richter Gruppe Empreendimentos & Participações

Junte-se a nós e invista em empreendimentos inteligentes.

Entenda o uso da economia do bem-estar para gerar mais negócios

Josi Birckheuer Richter

Publicado por: Josi Birckheuer Richter

1 fevereiro, 2018

A economia do bem-estar é um ramo da ciência econômica que usa técnicas da micro e macroeconomia para permitir a eficiência alocacional de um mercado e a melhor distribuição de renda nesse determinado ambiente.

Como o próprio nome diz, o objetivo é proporcionar o bem-estar de vários agentes econômicos e indivíduos, que atuam em conjunto e de forma equilibrada.

A economia do bem-estar também tem a ver com a redistribuição de recursos e produtos de forma mais justa, garantindo a aplicação eficiente. Além disso, ela proporciona a otimização e a maior competitividade de preços e a redução de custos entre as empresas envolvidas.

Mas você já parou para pensar que esse conceito está diretamente relacionado ao desenvolvimento de projetos urbanos? Atentar-se para a importância de criar ambientes que viabilizem a conexão de pessoas e empresas é uma excelente forma de fortalecer a economia e fomentar os negócios.

Para saber mais sobre como a economia do bem-estar pode ajudar na transformação e na valorização de espaços, acompanhe este post!

Qual é o objetivo da economia do bem-estar?

O principal objetivo da economia do bem-estar é unir setores e torná-los mais competitivos. A economia do bem-estar é quando profissionais e empresas entendem que atuar em parceria pode significar melhores resultados e mais chances de sucesso.

O intuito é criar ecossistemas que gerem interações positivas e reflitam em todos os envolvidos. Ambientes em que empresas e profissionais se instiguem e se motivem mutuamente em busca de novos projetos e conexões que os fortaleçam no mercado.

Além disso, é importante abandonar visões individualistas e fomentar o cooperativismo e a coletividade, com o objetivo de fazer crescer a economia local, do estado e do país.

É ir em busca de dividir espaços com outras empresas e profissionais, nos quais será possível a aproximação e a troca mais direta de ideias e informações e o compartilhamento de conhecimento, bem como a redução de custos.

A economia do bem-estar é um alerta para novos negócios e um conceito que, se colocado em prática, gera muitos benefícios.

Como ela se relaciona com a geração de novos negócios?

As empresas e os profissionais dos mais diversos segmentos da economia devem estar atentos à importância de escolher um local estratégico para se instalar e atuar.

Isso porque já existem plataformas físicas criadas com o objetivo de permitir que profissionais liberais e até mesmo grandes organizações trabalhem de maneira próxima — gerando, assim, um ambiente de crescimento mútuo e contínuo.

Esses locais são propícios para empresas e profissionais que estão em busca de parcerias, de trocar conhecimento e de atuar juntos para oportunizar relações e fomentar a geração de novos negócios.

Parcerias

Empreendimentos mobiliários criados com base na visão da economia do bem-estar viabilizam o desenvolvimento de negócios e a oportunidade até mesmo de expansão para atuação em novos mercados e cenários econômicos, já que funcionam como a espécie de uma vitrine.

Por que investir na economia do bem-estar na sua empresa?

A economia do bem-estar preza por valores como a solidariedade e a sustentabilidade. Além de fomentar a criação de novos negócios, a economia do bem-estar pode trazer outros tantos benefícios para a sua empresa e para os colaboradores.

Dessa forma, reunimos aqui alguns dos mais importantes fatores que justificam o quão importante é investir nesse conceito:

Gerar valor para a sua marca

Mais do que gerar lucro, a economia do bem-estar também é responsável por gerar valor para a sua marca ou empresa, bem como para os produtos e os serviços que ela oferece.

Isso porque esse conceito possibilita que a organização ganhe mais visibilidade no mercado, conquiste novos consumidores e clientes ao atuar em parceria com outras companhias com objetivos comuns, ampliando cada vez mais a sua atuação no mercado.

Se tornar mais competitivo no mercado

A empresa que busca parcerias e funciona em localização privilegiada não só no que diz respeito a ambientes urbanos, mas também em relação aos vizinhos corporativos, tende a ficar ainda mais competitiva.

Em um cenário de retomada econômica como o atual, é importante considerar a atuação da empresa em locais que favoreçam o contato com parceiros e consumidores de peso.

Atrair profissionais qualificados

A economia do bem-estar não só gera mais negócios, como também é uma premissa para atrair profissionais qualificados e, mais do que isso, reter talentos. Isso porque as pessoas certamente desejam trabalhar em empresas que prezam pelo bem-estar no ambiente de trabalho e que facilitam a comunicação e o aprendizado.

Adotar os preceitos da economia do bem-estar fará com que bons profissionais queiram trabalhar na sua empresa ou mesmo busquem o contato com a organização para parcerias e alinhamento de projetos.

Ter maior acesso a informações valiosas

A localização privilegiada e o contato com outras organizações importantes para a economia da sua cidade — independentemente do tamanho — vai facilitar a comunicação e a troca de conhecimentos e experiências.

análise de informações

Estar em uma plataforma física colaborando e cooperando com outras empresas e outros profissionais fará com que as informações relevantes circulem com maior facilidade, o que propiciará também a tomada de decisões econômicas mais assertivas.

Se tornar economicamente mais viável

A busca por um espaço compartilhado para o seu negócio aumenta os valores da sua organização na sociedade e ainda o torna economicamente mais viável. Isso porque estar em uma plataforma física com outras tantas empresas permite dividir custos mensais.

Um exemplo é o compartilhamento de jardins. Os gastos para o cuidado e a manutenção desses espaços serão menores, tendo em vista a divisão das contas. E ainda é importante pensar que é um espaço ao ar livre de convivência de profissionais dos mais variados ramos.

Conseguiu entender um pouco mais sobre como a economia do bem-estar pode ser favorável para o seu negócio?

Se você ainda tem dúvidas a respeito do assunto e gostaria de receber mais informações antes de buscar uma solução urbana para a sua empresa, assine a newsletter da Richter Gruppe e fique por dentro de como o mercado imobiliário também pode influenciar no sucesso da sua organização e dos seu time de profissionais.

Fale com a gente

+55 51 98585-0651

+55 51 98585-0651 falecom@richtergruppe.com.br
Av. Benjamin Constant, 1126 - sala 1002
Prédio Profissional Hickmann - Centro - Lajeado/RS
CEP 95.900-104
Fale com a gente

+55 51 98585-0651

+55 51 98585-0651
falecom@richtergruppe.com.br
Av. Benjamin Constant, 1126 - sala 1002
Prédio Profissional Hickmann - Centro - Lajeado/RS
CEP 95.900-104
Facebook Instagram Pinterest Vimeo Google+
Abrir Chat
Close

Dúvidas? Entre em contato