Richter Gruppe Empreendimentos & Participações

Junte-se a nós e invista em empreendimentos inteligentes.

Entenda como funciona a produção de energia eólica no Brasil

Richter Gruppe

Publicado por: Richter Gruppe

1 agosto, 2018

Nos últimos anos, a sustentabilidade das cidades se tornou um dos principais focos do desenvolvimento urbano. Além de ser uma questão de sobrevivência para as próximas gerações, também é muito importante para a qualidade de vida das pessoas hoje. Por isso, são feitos diversos investimentos em outras fontes, como a energia eólica no Brasil.

Comentando rapidamente sobre ela e como funciona, trata-se da energia gerada pelo vento que é captado por hélices, as quais variam de tamanho e forma de acordo com a finalidade.

Há um gerador em seu interior, com ímãs atrelados tanto às hélices quanto à base. Ao se movimentar, a corrente magnética cria eletricidade, a qual pode ser transmitida e armazenada. É possível ter uma bem pequena na sua casa, ou investir em um campo inteiro delas para alimentar toda uma cidade.

Se quiser entender mais sobre a energia eólica no Brasil e como ela pode ser útil para você, acompanhe e descubra exatamente o que precisa saber.

ENERGIA EÓLICA MESA

Quais são os benefícios que a energia eólica oferece?

Mesmo que o país ainda seja mais famoso pelas hidrelétricas, há vários investimentos na produção de energia eólica. Alguns dos motivos para isso são as grandes vantagens que ela oferece em comparação com outras fontes. Veja a seguir alguns exemplos!

É altamente renovável

Fontes de energia com tempo limitado de uso sempre são uma preocupação. Em algum momento, elas sempre acabam, o que significa que pode haver uma escassez caso não haja nenhuma alternativa. Por isso, a maioria dos governos dá preferências à água e ao vento do que ao petróleo nessa frente, pois ele serve para outras coisas.

Como você já deve saber, ao lado da energia solar, o vento não é um recurso nada limitado. Ele existe quase que indefinidamente, dependendo do local e do clima. Isso significa que não será necessário se preocupar com seu esgotamento.

Contribui para a preservação do meio ambiente

Outra preocupação que tem favorecido a energia eólica no Brasil é justamente o impacto que diferentes fontes têm no meio ambiente. Usinas que trabalham com queima de combustível para gerar energia emitem incontáveis poluentes, além de exigirem mais trabalho na extração. Tudo isso atrapalha bastante o ecossistema.

Diante disso, as hélices e o vento geram impactos mínimos em comparação com outras fontes. Mesmo as hidrelétricas, que também são consideradas ecológicas e renováveis, acabam perturbando boa parte da vida natural ao seu redor, tanto durante sua construção quanto manutenção.

Os campos de energia eólica são bem mais limitados na grande maioria dos casos. Seu principal impacto é atrapalhar o deslocamento de aves e criar sons muito intensos, o que dificulta a vida próxima. Por isso, qualquer moradia é colocada a pelo menos 200 metros de distância.

Reduz custos no longo prazo

O investimento inicial necessário à energia eólica é tão considerável quanto de diversas outras fontes. É necessário preparar um terreno, providenciar o equipamento e contratar uma equipe especializada para criar o projeto e executá-lo. Porém, esses custos iniciais podem ser compensados em menos de 6 meses, de acordo com a intensidade dos ventos e produção de energia.

Primeiro, o próprio projeto já tende a ser mais barato, pois há menos riscos de segurança e menor impacto durante o preparo quando comparado a usinas hidrelétricas ou nucleares, por exemplo.

Além disso, seu custo de manutenção é bem menor, pois só é necessária uma revisão e ajustes a cada 6 meses. Se outras fontes de energia puderem ser reduzidas ou desativadas, a redução de gastos terá um grande salto.

Gera mais empregos para a população

Além dos benefícios ambientais e econômicos, a energia eólica no Brasil também trouxe várias vantagens sociais para a população. Primeiramente, tanto o processo de construção quanto o de manutenção dos campos de hélices vão exigir diversas equipes técnicas especializadas. Isso significa que também haverá mais cargos para esses profissionais.

Pode ser que a quantidade diminua após a obra ser concluída, pois há baixo custo de manutenção. Porém, um mesmo time pode se dedicar à construção de vários campos de energia eólica ao longo do tempo, deixando partes da equipe responsáveis por retornar, verificar o funcionamento das hélices e administrar a manutenção das redes de distribuição. Tudo isso garantindo mais empregos para a população.

Pode ser usada para diversas finalidades

A eletricidade é extremamente versátil no mundo atual. Com ela, é possível iluminar, enviar informações, aquecer, preservar alimentos, entre muitas outras coisas. Porém, a versatilidade das fontes de energia também é um fator a se considerar. Mecanismos pouco flexíveis podem não ser tão úteis no médio e longo prazo, pois as demandas mudam com o tempo.

A energia eólica, por sua vez, pode ser aplicada em diversos locais e com várias finalidades. Como já mencionamos, você pode ter uma hélice doméstica que armazene energia em uma bateria e ilumine sua casa durante a noite. E mesmo os grandes campos eólicos também podem ser usados na agricultura e na agropecuária, por exemplo.

ENERGIA EÓLICA NO BRASIL SOL DE PONDO

Como anda a energia eólica no Brasil?

Lembra-se que mencionamos como o país investe nessa fonte de energia? Bem, a verdade é que ele não apenas investe como desenvolve diversas soluções nessa área. Hoje, o Brasil é o 8º maior país produtor de energia eólica no mundo, ultrapassando países desenvolvidos, como o Canadá.

Ao todo, a energia eólica representa em torno de 8,3% da produção total do país, com a maior parte dessa produção realizada na região nordeste. O Rio Grande do Norte é o principal estado produtor, com 135 campos ativos.

Ainda há previsão de aumento para a quantidade de energia eólica produzida no país para os próximos anos, podendo ultrapassar as usinas de biomassa. É difícil dizer se elas vão ser mais relevantes que as hidrelétricas em escala nacional, mas há muitos pontos de urbanização que poderiam aproveitar essas tecnologias para melhorar sua sustentabilidade.

Com toda essa informação, você já deve entender por que a energia eólica no Brasil está crescendo. E falando em tecnologia, ela é parte de uma nova tendência em urbanização moderna. Se quiser saber mais, veja nosso artigo sobre a construção de cidades inteligentes e entenda do que estamos falando.

Fale com a gente
+55 51 98585-0651 +55 51 98585-0651 falecom@richtergruppe.com.br
Rua Alberto Torres, 517 - sala 601
Centro - Lajeado/RS
CEP 95.900-188
Fale com a gente
falecom@richtergruppe.com.br
Rua Alberto Torres, 517 - sala 601
Centro - Lajeado/RS
CEP 95.900-188
Facebook Instagram Pinterest Vimeo Google+
Abrir Chat
Close

Dúvidas? Entre em contato